A CERCI Braga inaugura no próximo dia 26 de Janeiro, pelas 16 horas o Centro de Recursos Psicossociais para Pessoas com Deficiência Intelectual e Multideficiência, que irá permitir dar resposta um grupo de 30 jovens/adultos com deficiência intelectual e ou multideficiência e suas famílias, que atualmente se encontram sem resposta adequada.

Esta resposta social, desenvolvida em equipamento, organizada em espaço polivalente, destina-se a informar, orientar e apoiar as pessoas com deficiência, promovendo o desenvolvimento das competências necessárias, bem como atividades de animação sociocultural.

Esta é a primeira fase, do projeto desta cooperativa, que pretende a diminuição do número de jovens/adultos com deficiência intelectual, em situação ou risco de exclusão social, por ausência/insuficiência de respostas sociais adequadas à sua condição; assim como o aumento da participação social dos seus utentes através de estratégias que visam a sua auto-representação.

Desde a sua constituição, a CERCI Braga tem promovido todos os esforços para diagnosticar e criar estruturas de apoio para o publico-alvo em causa, almejando, no futuro mais próximo quanto o possível, alcançar a criação de um centro de atividades ocupacionais e lar residencial por forma a garantir um conjunto de resposta que permita um acompanhamento contínuo e permanente a pessoas com deficiência intelectual e ou multideficiência e suas famílias.

No paradigma atual, com falta de estruturas, programas e apoios institucionais, a CERCI Braga assumiu avançar com este projeto com recurso à unificação de esforços de uma comunidade sensível e disponível e com o estabelecimento de protocolos e parcerias com organizações do concelho, que têm como finalidade atender, de modo adequado, os membros existentes na sua comunidade.

A CERCI Braga encontra-se a fazer um levantamento junto dos agrupamentos escolares, identificando lacunas no acesso a centro de atividades ocupacionais, formação profissional e integração profissional. As necessidades do concelho são muitas, tendo sido neste momento priorizado o atendimento aos jovens que terminam o seu percurso escolar, maiores de 18 anos e que estão sem qualquer tipo de retaguarda institucional.

Esta primeira resposta, surge da necessidade premente sentida junto dos cooperadores e famílias, e procurará neste espaço corresponder a necessidades específicas das pessoas com deficiência e das suas famílias através de oferta diversificada de atividades que promovam o seu desenvolvimento biopsicossocial, com vista a uma melhor integração na sociedade.

Entre as atividades constam terapias expressivas, integração em contexto profissional, voluntariado, workshops e inclusivamente a dinamização de um grupo de auto-representação.

Estas respostas serão apresentadas em modelo de intervenção individual e/ou em grupo atendendo às necessidades específicas de cada cliente, que permitirá o desenho de uma Plano de Desenvolvimento Individual (PDI).

A inauguração contará com a presença de diversos convidados e parceiros, com a direção da Fenacerci, do Centro Regional da Seg. Social, Câmara Municipal de Braga, IPDJ, entre outros confirmados.

O Centro de Recursos Psicossociais para Pessoas com Deficiência Intelectual e Multideficiência, localiza-se Rua Damião de Góis, 227 CV, e será inaugurado dia 26 de Janeiro, pelas 16 horas.