A CERCI Braga realiza, amanhã, dia 16 de Outubro, com inicio às 10 horas, no Auditório da Escola Sá de Miranda, o seminário final com o tema “Política e Democracia de Jovens para Jovens”, do projeto Inclusão On (In.On), financiado também pelo programa Juventude em Ação, no eixo Juventude para a Europa, que visa promover a inclusão de jovens com deficiência intelectual em Braga.

Com este seminário pretende-se que os jovens apresentem a sua perspectiva sobre a política e a democracia, mas que também expressem e façam propostas aos representantes e decisores políticos, que será apresentada sob a forma de resolução, sobre como gostariam de ser envolvidos e motivados para as questões de relevância política, a nível Nacional e/ou Europeu.

O In.ON envolveu diretamente cerca de 60 jovens com e sem deficiência, bem como a comunidade local, num projeto que durante 154 dias foram realizados quatro workshops sob o tema da “Participação Cívica e Vivência Democrática”, grupos distintos com 15 elementos cada, visando a emancipação e auto-determinação dos jovens com e sem deficiência.

Associando-se ao Ano Europeu do Cidadão, o objetivo do projeto passou por incentivar à plena participação e envolvimento dos jovens como cidadãos portugueses mas também europeus detentores de direitos e deveres, bem como, fomentar a solidariedade entre pares em busca de um crescimento mais inclusivo, promotor de uma maior coesão social mas também de um maior sentido de pertença à Europa.

Os 60 jovens participantes estão ou foram encaminhados por: CERCI Braga, da EB 2/3 de Palmeira, da APECDA, do Instituto D. João Novais e Sousa, do +GIRO, do T3tris.2, da Synergia, e da Equipa Espiral, que se encontraram no Inclusão.On.

A CERCI Braga conta com o apoio, participação e cooperação do Centro Europe Direct de Ponte de Lima, a Fundação Bracara Augusta e Associação Synergia, Junta de Freguesia de S. Vitor, Junta de Freguesia de Maximinos, Tin.bra, Escola Sá de Miranda, Juventude Cruz Vermelha e Centro Social St.º Adrião.

O seminário contará com a presença das várias entidades e jovens envolvidos que, na primeira pessoa, manifestarão o resultado da sua participação no projeto e apresentarão a resolução para a Criação de melhores condições para a inclusão e a participação de jovens com menos oportunidades.